Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Câmara de Guarulhos suspende contrato de servidores que não tomaram vacina

Portaria indica afastamento de 154 funcionários, incluindo vereadores.

Sergey Ponomarev | IMF Photo

O presidente da Câmara Municipal de Guarulhos (SP), Fausto Martello (PDT), assinou uma norma que suspende servidores e vereadores que não comprovaram a vacinação contra a Covid-19.

O texto cita como base a portaria municipal de setembro de 2021 que obriga todos os funcionários da administração pública direta e indireta a se imunizarem contra o vírus.

A portaria, publicada no Diário Oficial do município na última sexta-feira (22), traz os nomes dos 154 funcionários e vereadores com os contratos de trabalho suspensos. A determinação é que a relação de nomes seja afixada em um local público.

O gestor de Comunicação da Casa Legislativa, Sérgio Lessa, afirmou que, no caso de funcionário concursado, “teremos alternativa de abrir uma sindicância e nesta sindicância ser colocada uma situação, como ele estará com o salário suspenso, provavelmente, ele irá procurar os seus direitos na Justiça”.

O sindicato dos servidores públicos de Guarulhos concorda com a exigência. A diretora do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (STAP), Viviane Lourenço, declarou considerar a atitude extrema, mas necessária.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Saúde

Empresa alemã que desenvolveu a substância junto com a Pfizer divulgou nota oficial.

Governo

Anúncio foi feito ministro Marcelo Queiroga durante um evento na cidade de Salvador.

Mundo

Presidente dos EUA garantiu que agirá 'rapidamente' se uma atualização da vacina for necessária.

Mundo

Entidade declarou que o banimento de viagens do continente 'ataca a solidariedade global'.