Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

PT pede à imprensa que realize no máximo 3 debates presidenciais

Agenda de encontros entre os candidatos seria ‘incompatível’ com atos de campanha.

Marcos Oliveira | Agência Senado

A pré-campanha de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) formalizou um pedido à imprensa brasileira para que a eleição deste ano tenha somente três debates entre os postulantes à Presidência da República.

O pedido foi feio em uma carta endereçada a Flávio Lara Resende, presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), e a Marcelo Antônio Rech, presidente da Associação Nacional de Jornais (ANJ).

No texto, os presidentes dos 7 partidos que integram a pré-campanha do petista (PT, PCdoB, PSB, PSOL, PV, Rede e SD) argumentam que a agenda de debates, com 10 eventos previstos, seria “incompatível” com os compromissos de Lula pelo país.

“Para as eleições presidenciais deste ano, pelo menos dez debates entre candidatos estão sendo propostos por veículos de mídia. […] Dentro do exíguo período de 45 dias de campanha eleitoral, […] tal programação de debates, concentrados na capital de São Paulo, é incompatível com a agenda política e a realização de atos públicos de campanha, que exigem deslocamentos pelas 27 unidades da federação”, afirmam os caciques partidários.

“Diante dessa realidade, sugerimos aos jornais e às emissoras de rádio e TV, por meio de suas representações nacionais, que se organizem em pool para a realização de um número razoável de debates, como acontece em outros países de tradição democrática. No caso do Brasil, acreditamos que a organização de até três debates nacionais permitiria a contribuição das emissoras para o processo eleitoral”, acrescenta a nota.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Declaração tem repercutido nas redes sociais.

Política

Confirmação ocorreu durante convenção do partido em São Paulo.

Judiciário

Ministro atendeu pedido do PT e sustenta que a 'insensata' disseminação de fake news compromete processo eleitoral.

Política

Oposição programa ações para tentar conter ataques políticos.

----- CLEVER ADS -----