Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Confederação de transportadores libera caminhoneiros para atos em 7 de setembro

CNTA defendeu “vontade individual” de trabalhadores que irão às ruas em defesa da liberdade.

Edesio Costa | Flickr

Em nota divulgada na sexta-feira (3), a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) liberou os caminhoneiros para participarem das manifestações em defesa da liberdade marcadas para o dia 7 de setembro.

A entidade pondera que os atos “não carregam em seu escopo nenhuma reivindicação específica relacionada à atividade profissional do caminhoneiro autônomo”.

No texto, a confederação observa que “sempre apoiará as ações que refletem os interesses coletivos da categoria, com respeito à ordem pública, às instituições, às leis e à sociedade como um todo”.

A organização afirma que a eventual participação de um caminhoneiro no protesto “representará a vontade individual desse cidadão brasileiro”, que decide por si próprio exercer seu direito de livre manifestação e liberdade de expressão.

“A CNTA e todas as entidades coligadas, federações, sindicatos, associações e cooperativas representantes da categoria dos caminhoneiros autônomos sempre estabelecerão como premissas o diálogo, o respeito às leis, a ordem e o esforço conjunto, visando o desenvolvimento e o crescimento do país”, finaliza o comunicado.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Houve 29 decisões favoráveis ao governo e contra a paralisação prevista para amanhã.

Política

Ativistas e lideranças partidárias pretendiam reunir mais de 100 mil de pessoas.

Política

Assunto tem repercutido no Twitter.

Política

Atos são organizados pelo MBL e pelo Vem pra Rua.