Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

De olho em 2022, Doria promete: “Vou privatizar a Petrobras”

Governador de São Paulo quer ocupar a Presidência da República.

Greg Beadle | World Economic Forum

De olho nas eleições presidenciais de 2022, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), parece estar mesmo empenhado a dar início em sua pré-campanha.

Em entrevista à rádio FM Itabaiana, de Sergipe, o tucano prometeu privatizar a Petrobras em caso de eleição no ano que vem.

“Se eleito presidente da República, eu vou privatizar a Petrobras. E vamos privatizar em lotes. Não é para fazer uma Petrobras hoje monopolista, pública e estatal para uma Petrobras monopolista privada. Ela será dividida em várias empresas”, declarou.

“É preciso que haja competitividade e não mais essa imposição de preços sobre os combustíveis. Nos Estados Unidos não há aumento no preço toda semana como no Brasil. As empresas competem, disputam o preço do combustível e também do gás, e precisam sobreviver no mercado”, acrescentou.

As prévias do PSDB para escolher o candidato ao Palácio do Planalto devem acontecer em novembro. No partido, o principal concorrente de Doria é o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Apresentador quer ser candidato ao Palácio do Planalto, mas tem um 'plano B': ser vice de Ciro Gomes.

Política

Roubalheira instalada pelo partido nos governos de Lula e Dilma seguirá sendo negada pela legenda.

Política

Deputada conversava com tucanos havia 2 meses; ela deixou o PSL em junho.

Política

Expectativa é que futura sigla eleja 10 governadores e tenha a maior bancada do Congresso.