Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Genial/Quaest: Bolsonaro cresce e empata com Lula no Rio de Janeiro

Na sondagem espontânea, presidente da República lidera.

Reprodução | Agência Brasil

No estado do Rio de Janeiro, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-mandatário Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparecem igualados na corrida eleitoral rumo ao Palácio no Planalto.

O resultado é da pesquisa Genial/Quaest realizada de 12 a 15 de maio de 2022.

No último levantamento, divulgado em março, o petista estava com 39% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro pontuou 31%. Agora, ambos empatam nas intenções de voto, oscilando 4 pontos, cada um.

Lula da Silva — 35% 

Jair Bolsonaro — 35%

Em intenções de voto espontâneas, o presidente da República está numericamente à frente do petista.

Jair Bolsonaro — 25%

Lula da Silva — 23% 

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), que também deve concorrer ao Planalto, aparece em terceiro lugar, somando 6% das intenções de voto. Na sequência, João Doria (PSDB) e André Janones (Avante) aparecem tecnicamente empatados, com 2% , e Simone Tebet (MDB), com 1%.

Os pré-candidatos Luciano Bivar (União Brasil) e Luiz Felipe d’Ávila (Novo) não pontuaram. Branco, nulo ou nenhum dos candidatos totalizam 15%. Outros 4% dizem estar indecisos.

Registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com a identificação BR-01548/2022, O levantamento ouviu 1.200 pessoas no Rio de Janeiro. A margem de erro é de 2,8 pontos percentuais.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Política

Os dois principais nomes aparecem isoladamente na liderança da corrida ao Planalto.

Política

Comunicadora diz cortes do governo federal em verbas de publicidade incomodam os meios de comunicação.

Política

Encontro acontecerá na capital paulista no dia 3 de julho.

Política

Operação 'Acesso Pago' investiga a prática de tráfico de influência e corrupção no MEC.