Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Kajuru afirma que deficit na Previdência é uma fraude contábil

O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) afirmou nesta segunda-feira (18), durante pronunciamento em Plenário, que o deficit da Previdência Social é uma fraude contábil.

Para o parlamentar, as três fontes de receita da previdência – empregado, empregador e arrecadação tributária da Confis, da CSLL e do PIS/PASEP – garantem, juntos, que a seguridade seja superavitária.

O problema, destacou ele, é que as receitas previstas pela Constituição Federal para financiar a Previdência têm sido utilizadas para a quitação de dívidas de outros setores, conforme previsto pela Desvinculação das Receitas da União (DRU).

A metodologia de cálculo do Governo, que alega deficit, não leva em consideração alguns tributos e também não considera a DRU. E é por isso que eles alegaram que, em 2017, o rombo da Previdência chegou a R$292 bilhões. É uma fraude contábil, uma disputa de narrativa para justificar a necessidade dessa reforma“, justificou.

 

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Ele poderá ocupar a cadeira na Suprema Corte pelos próximos 27 anos, até 2048.

Congresso

Cúpula do colegiado entregará parecer de Renan Calheiros ao Tribunal Penal Internacional, em Haia.

Política

Ex-ministro, que aguarda a filiação do presidente, disputaria pelo estado de São Paulo.

Congresso

Presidentes afirmam que o caso das emendas do relator é assunto interno do Legislativo.