Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Eleições comandadas por Moraes serão “limpas” e “tranquilas”, defende Temer

Ministro presidirá o Tribunal Superior Eleitoral durante o pleito de outubro.

Agência Brasil

O ex-presidente Michel Temer (MDB) saiu em defesa da atuação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), na última sexta-feira (27).

Responsável pela indicação do magistrado à Corte em 2017, o emedebista disse ter “absoluta convicção” de que as eleições brasileiras serão bem administradas sob o comando de Moraes.

Conforme noticiado por este jornal digital, o ministro assumirá a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos próximos meses e será a autoridade máxima da Justiça Eleitoral durante o pleito marcado para o mês de outubro.

— O Alexandre é um jurista, né? Ele vai aplicar rigorosamente o sistema normativo, como tem feito ao longo do tempo. Eu não tenho nenhuma preocupação com isso e acho que nenhum brasileiro deve se preocupar — declarou Temer.

— Eu tenho absoluta convicção que o ministro Alexandre não sairá um milímetro do sistema normativo. Então nós teremos tranquilidade. Aliás, a presença dele lá [no TSE] pode revelar uma tranquilidade para as eleições, para mantê-las limpas, corretas e adequadas — acrescentou.

Alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro (PL), Alexandre de Moraes foi chamado de “totalmente parcial” pelo mandatário na quarta-feira (25). Para o chefe do Executivo, o magistrado está agindo “fora das quatro linhas” da Constituição.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Petista faz parte da lista de convidados para o evento. 2 mil pessoas foram chamadas.

Judiciário

Informação já circula em Brasília e movimenta os bastidores da política.

Judiciário

PGR pediu o arquivamento da ação, mas ministro decidiu manter as investigações.

----- CLEVER ADS -----