Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Ministro do STJ rejeita liminar para soltar Jorge Picciani e Paulo Melo

Foto: Reprodução / TV Globo

O presidente da Alerj, Jorge Picciani, e seu antecessor no cargo, deputado Paulo Melo, ambos do PMDB, tiveram pedido liminar de liberdade rejeitado nesta sexta-feira (28) pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Felix Fischer.

O magistrado considerou que não há urgência para a soltura dos dois parlamentares, que estão presos preventivamente. Jorge Picciani e Paulo Melo foram presos na Operação Cadeia Velha, desdobramento da Lava Jato, que investigou esquema de corrupção envolvendo integrantes da Alerj e do governo fluminense.

Com a decisão do ministro, agora os pedidos em habeas corpus devem ser enviados para manifestação do Ministério Público Federal (MPF), para posteriormente irem a julgamento pela Quinta Turma do STJ, possivelmente em dezembro.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Últimas

Ação envolveu Polícia Civil e o Gaeco, do Ministério Público do Estado.

Política

Castro garantiu que enviará informações ao governo e que chegará a 'denominador comum' com Ministério da Economia.

Política

Projeto tem como objetivo integrar bairros formais e informais, por meio de ações sociais e de segurança pública.

Últimas

Lei foi sancionada pelo governador Cláudio Castro