Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Mourão, sobre Bolsonaro na ONU: “É a visão do nosso governo”

Chefe do Executivo se posicionou contra o chamado passaporte sanitário para vacinados e assegurou que não há corrupção no governo.

Bruno Batista | VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão veio a público nesta quarta-feira (22) para falar sobre o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU.

Para ele, a fala de Bolsonaro é reflexo de tudo aquilo que o governo federal vem desempenho ao longo do mandato.

“O presidente apresentou dentro da nossa visão, a visão do nosso governo, a situação que o Brasil vive. Acho que ele não foi muito a fundo em questões globais”, relatou Mourão a jornalistas, ao chegar no Palácio do Planalto.

“Eu acho que o discurso da ONU é uma peça só. É que vem sendo dado muito destaque a isso por causa, vamos dizer, da forma como o nosso governo atua. Mas, na realidade a imagem do Brasil é um processo, um processo contínuo”, frisou.

Ele comentou, inclusive, sobre os números do desmatamento, reforçando o tom de que houve diminuição nos índices.

“Tem aquela questão de números aí que sempre há uma contestação. Mas, a realidade é que nos últimos meses houve essa tendência bem grande de diminuição do desmatamento, independente do que ocorreu nos 2 anos anteriores que a gente não nega que houve um aumento”, completou.

Conforme registrou o Conexão Política, os principais pontos do discurso do mandatário foram pautados em: ampliar fala sobre a política ambiental do Brasil; destacar o andamento da campanha de vacinação; defender as liberdades individuais e a autonomia médica, além de garantir que não há corrupção no governo federal.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Declaração ocorreu neste domingo, 24, em Brasília.

Política

Maia diz que 'orgia fiscal' do atual governo torna presidente vulnerável.

Mundo

De olho em Pyongyang, Conselho de Segurança da entidade se reúne nesta quarta-feira (20).

Política

Governo tem demonstrado preocupação com o aumento da pobreza no país.