Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

“Por que a divulgação do resultado da eficácia da vacina chinesa em teste foi postergada?”

O economista e analista Político Leandro Ruschel voltou a fazer questionamentos sobre o andamento da eficácia da Coronavac, vacina produzida pela empresa chinesa Sinovac Biotech em parceria com o Instituto Butantan.

Como já registrado pelo Conexão Política, o governo de São Paulo postergou a data de encaminhamento do estudo completo dos testes de eficácia do imunizante para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Anteriormente fixada em 15 de dezembro, a data agora está prevista para o dia 23 deste mês.

Vale ressaltar que autoridades do mundo inteiro têm questionado a eficácia da substância farmacêutica chinesa.

Em torno desse assunto, Leandro Ruschel questionou o motivo do adiamento.

“Por que a divulgação do resultado da eficácia da vacina chinesa em teste foi postergada?”, indagou.

Conforme a nossa equipe vem registrando, contratos milionários vêm sendo selados para que países recebam doses da Coronavac. Contudo, o agravante é que ainda não há nenhuma comprovação da eficácia da substância.

“Como governos podem comprar milhões de doses, em contrato sigiloso, antes que seja comprovada eficácia?”, prosseguiu Leandro.

E completou:

“Por que estão falando em vacina do Butantã se a carga está vindo direto da China?”.

Esses e tantos outros questionamentos precisam ser respondidos e da forma mais objetiva e transparente possível.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

Regime comunista ordenou isolamento a mais de 187 mil pessoas no país.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

Política

Prazo também vale para pagamento da primeira cota