Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

‘Por que você não vai morar em Cuba ou Venezuela?’, responde pastor André Valadão a internauta

Cantor e pastor acumula mais de 10 milhões de seguidores nas redes sociais.

Reprodução | Lagoinha Orlando

Na tarde desta segunda-feira, 27, o pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, voltou a comentar sobre questões políticas nas redes sociais.

O mineiro é irmão de Ana Paula, líder e fundadora do Diante do Trono — considerado o maior e mais influente ministério de louvor da América Latina.

Em atividade desde 1998, o grupo já vendeu milhões de álbuns, e lançou diversos nomes sucesso no segmento protestante, a exemplo do próprio André Valadão, da irmã, Mariana, Nívea Soares, entre outros.

Interatividade

Desde o ano passado, período de início da pandemia da Covid-19 no Brasil, André Valadão buscou usar as redes sociais com maior frequência, além de atualizar constantemente uma ferramenta de perguntas do Instagram para interagir com os fiéis.

Acontece que, ao contrário de determinadas lideranças, a família Valadão não costuma omitir-se diante de assuntos que envolvem vida religiosa, política e sociedade. Fortemente engajados, eles defendem a atuação da comunidade cristã como pessoas que possam, sim, exercer seus direitos terrenos sem se abster do exercício sagrado.

O cristão, a partir desta ótica, não apenas é inserido numa realidade celestial, apenas, mas visto como cidadão que deve, inclusive, buscar exercer princípios e valores na sociedade.

2018

Em 2018, ano marcado pelas eleições presidenciais, os Valadão declararam apoio aberto ao então candidato Jair Messias Bolsonaro, anteriormente filiado ao PSL.

Ana Paula, inclusive, chegou a registrar um vídeo especificando escândalos envolvendo o PT, partido que permaneceu no poder durante 4 mandatos consecutivos.

À época, André também seguiu a mesma linha, afirmando que os cristãos precisavam estar mais antenados sobre questões políticas e, consequentemente, não compactuarem com posicionamentos que pudessem ferir pilares fundamentais da fé cristã.

Ainda naquele ano, Mariana e Felippe Valadão também manifestaram voto em Bolsonaro.

Missões

Fundada em 1957, a Igreja Batista da Lagoinha, localizada em Belo Horizonte, Minas Gerais, tornou-se uma das principais denominações a atuar na esfera de missões.

Liderada pela família Valadão, a igreja atua enviando missionários para diversos lugares do Brasil, assim como também para fora do país. Além disso, possui comprometimento em diversas causas sociais, incluindo ações em MG, como também suporte às famílias do Sertão nordestino.

No exterior, mantém causas que englobam atividades em prol da população indiana, visando combater o tráfico humano e a prostituição infantil na Índia.

Em Angola, foca no auxílio de crianças e jovens órfãos, todos em situação de vulnerabilidade, vítimas da Guerra Civil e de outros conflitos internos ocorridos no país.

Reprodução | Missão DT | Facebook

Reprodução | Missão DT | Facebook

Reprodução | Missão DT | Facebook

Igreja Perseguida

Em parceria com diversos líderes e segmentos do meio cristão, os congressos e eventos promovidos pela família Valadão costumam dar ênfase à realidade vivenciadas por outros cristãos ao redor do mundo, principalmente os que sofrem perseguição religiosa — definida como qualquer hostilidade vivenciada como resultado da identificação de uma pessoa com Jesus Cristo. Isso pode incluir atitudes hostis, palavras e ações contra cristãos.

Essa é a identificação é catalogada na Lista Mundial da Perseguição, relatório anual que dá base para o trabalho do grupo Portas Abertas.

Reprodução | Missão DT | Facebook

Reprodução | Missão DT | Facebook

Reprodução | Missão DT | Facebook

A resposta de André

Na tarde de hoje (27), utilizando a plataforma Reels, do Instagram, André Valadão foi confrontado a responder uma indagação envolvendo temática política.

Na ocasião, o pastor recebeu uma crítica sobre o apoio ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O internauta fez o seguimento questionamento: “Pastor, já que você admira tanto o Bolsonaro, vem morar aqui no Brasil, passar necessidade com os brasileiros”.

Acontece que, há alguns anos, o líder religioso pastoreia uma comunidade da Lagoinha em Orlando, Estados Unidos, onde mora com a esposa e os três filhos.

Em resposta, André Valadão frisou o fato de que morou no Brasil por mais de 40 anos, onde trilhou seu ministério de ponta-a-ponta do país.

“Eu já morei 40 anos e moraria de novo. Agora, já que você não gosta dele, por que não vai morar em Cuba ou na Venezuela? Vai você!”, rebateu.

O pastor finalizou a resposta dizendo que apoiar Bolsonaro é adotar um posicionamento ‘muito além’.

“É sobre a família tradicional; não à ideologia de gênero; não à legalização das drogas; não ao aborto; não ao feminismo; não à política de esquerda; sim à liberdade expressão; sim à liberdade de culto e por aí vai”, acrescentou.

O vídeo, até o fechamento desta matéria, já ultrapassava a marca de 100 mil curtidas e cerca de 14 mil comentários. Nas interações, maioria expressiva do público interage em concordância com Valadão.

Assista ao video:

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Mandatário manifestou preocupação sobre o assunto.

Política

Tom da fala já vem sendo ecoado pelo mandatário há cerca de dois meses.

Governo

Declarações ocorreram nesta segunda (22), em Brasília.

Política

Tratativas visam avançar interesses em torno da entrada do mandatário na sigla.