Conecte-se conosco

Política

Presidente do PATRIOTA cogita abandonar o comando da sigla para tentar reconquistar Bolsonaro

Publicado

em

Segundo a Folha de S. Paulo, o presidente do PEN-PATRIOTAAdilson Barroso, cogita se licenciar do comando do partido para que o filho do presidenciável, Flávio Bolsonaro, a assuma.

Adilson prometeu decidir nesta sexta-feira (22) se aceitará deixar a presidência do partido.

“Ele [Bolsonaro] quer ser dono de partido. Mas não precisa disso para ter a garantia de que será candidato. Tem a minha palavra… Só vou disputar a deputado federal”, disse Barroso.

Mais cedo, o presidente do PSLLuciano Bivar, disse que “A possibilidade de o deputado vir para o nosso partido e concorrer para presidente nos enche de orgulho”.

 

 

Nasci no estado do Rio de Janeiro. Sou brasileiro com orgulho, cristão por convicção e política por vocação. Colunista político do Conexão Política.