Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Primo de Davi Alcolumbre é preso em operação de combate ao tráfico

Operação Virake cumpre mandados em 9 estados.

Reprodução | PF | R7

Isaac Alcolumbre, primo do senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), foi preso pela Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (20) no Amapá.

A operação, segundo os agentes, apreendeu grande volume de dinheiro na mesma digilência. Apesar de uma estimativa prévia, os valores detidos ainda encontram divergências na divulgação dos números e devem ser confirmados mais adiante.

Ao todo, 68 pessoas físicas e jurídicas são alvo das medidas, que incluem sequestro de bens, direitos e valores.

Até o início desta noite, segundo apurou o Conexão Política, o bloqueio de ativos se aproximava dos R$ 6 milhões.

Por meio de sua assessoria, o senador disse que tomou conhecimento da prisão pela imprensa, além de reforçar que Isaac Alcolumbre é filho de Salomão Alcolumbre, tio dele.

O senador Davi Alcolumbre soube pela imprensa da operação realizada pela Polícia Federal, na qual um parente seu é um dos investigados. O senador espera que a Polícia Federal cumpra de forma institucional com o seu dever”, diz a nota do parlamentar.

Isaac Alcolumbre, por sua vez, afirmou: “Nesta data fui alvo de uma operação da Polícia Federal que apura ilícitos dentre eles o tráfico de entorpecentes. Diante dos fatos que encontram-se em apuração venho a púbico informar a quem interessar possa que não estou envolvido em nada com referência a tráfico de drogas, e fiquem certo que provarei isso. Com relação a outras acusações  das quais ainda não tenho informações faremos a defesa no momento oportuno. Tenho um hangar (aeródromo), onde recebo várias aeronaves diariamente, por vezes já comuniquei a polícia sobre suspeitas, inclusive proibido pouso e decolagem”.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Judiciário

Revista diz que ex-presidente do Senado confiscou salários de funcionárias em seu gabinete.

Política

Seis assessoras repassavam maior parte do salário ao senador, afirma a Veja.

Política

Isaac Alcolumbre, segundo a PF, é proprietário de aeródromo de onde chegavam e partiam aviões com drogas.

Congresso

Gilberto Kassab, no entanto, defende a candidatura de Pacheco ao Palácio do Planalto.