Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

PSOL abre mão de candidato em 2022 e sinaliza apoio a Lula

Legenda afirma que objetivo é unir forças para impedir reeleição de Jair Bolsonaro.

Dikran Junior | Flickr

As articulações em torno da eleição presidencial do ano que vem estão a todo vapor. O Conexão Política tem feito a cobertura das movimentações que estão sendo feitas por nomes que sondam o pleito eleitoral.

Neste sábado (25), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) anunciou que, pelo menos por enquanto, desistiu de apresentar um pré-candidato para a disputa ao Palácio do Planalto.

De acordo com a sigla, a medida foi tomada a fim de “centrar esforços na construção de uma frente eleitoral das esquerdas unitária no plano nacional”.

A estratégia, claro, visa sinalizar apoio ao Partido dos Trabalhadores (PT) e unir forças contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tentará a reeleição.

“As eleições de 2022 são parte decisiva do processo de superação da extrema-direita”, diz a nota oficial.

A legenda ressalta, contudo, que fará uma convenção eleitoral no primeiro semestre do ano que vem para aprofundar a discussão e tomar uma decisão final sobre a estratégia a ser adotada.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Governo

Mandatário manifestou preocupação sobre o assunto.

Política

Tom da fala já vem sendo ecoado pelo mandatário há cerca de dois meses.

Governo

Declarações ocorreram nesta segunda (22), em Brasília.

Últimas

Críticas neste sentido também ecoaram entre outros nomes da base governista.