Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

PSOL abre mão de candidato em 2022 e sinaliza apoio a Lula

Legenda afirma que objetivo é unir forças para impedir reeleição de Jair Bolsonaro.

Dikran Junior | Flickr

As articulações em torno da eleição presidencial do ano que vem estão a todo vapor. O Conexão Política tem feito a cobertura das movimentações que estão sendo feitas por nomes que sondam o pleito eleitoral.

Neste sábado (25), o Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) anunciou que, pelo menos por enquanto, desistiu de apresentar um pré-candidato para a disputa ao Palácio do Planalto.

De acordo com a sigla, a medida foi tomada a fim de “centrar esforços na construção de uma frente eleitoral das esquerdas unitária no plano nacional”.

A estratégia, claro, visa sinalizar apoio ao Partido dos Trabalhadores (PT) e unir forças contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tentará a reeleição.

“As eleições de 2022 são parte decisiva do processo de superação da extrema-direita”, diz a nota oficial.

A legenda ressalta, contudo, que fará uma convenção eleitoral no primeiro semestre do ano que vem para aprofundar a discussão e tomar uma decisão final sobre a estratégia a ser adotada.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

7 dos 11 ministros já manifestaram votos contrários.

Política

Para eleitores, a fatores econômicos devem ser prioridade.

Política

Vantagem de Lula sobre Bolsonaro é a menor desde julho de 2021.

Política

Apresentador de TV será aliado na chapa de Tarcísio Freitas ao governo de São Paulo.