Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

‘Vou ser candidato mesmo’, diz Datena sobre 2022

Nome do jornalista deve compor bloco de centro.

Reprodução | Facebook

O apresentador de TV José Luiz Datena confirmou nesta terça-feira, 2, que deixar o PSL para se filiar ao PSD. A legenda é comandada pelo ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab.

“Dessa vez, confirmo que vou ser candidato mesmo. A quê? A que o partido definir”, disse o comunicador.

Além disso, Datena frisou que o nome da sigla para o Planalto gira em torno de Rodrigo Pacheco, presidente do Senado Federal.

“Por enquanto, o candidato do PSD é o Rodrigo Pacheco, mas, se quiserem que eu ajude o Pacheco, vou ajudar”, acrescentou.

O que se sabe, apesar da fala do apresentador, é que ele vem sendo sondado para disputar uma vaga no Senado. A estratégia do PSD é mesclar com uma possível candidatura de Geraldo Alckmin, que deve desembarcar do PSDB e arriscar uma vaga ao Palácio dos Bandeirantes.

Alckmin, inclusive, já vem acenando interesses para voltar a concorrer ao governo de São Paulo.

“Eu gostaria muito de servir o Brasil como presidente, ou como vice do Ciro [Gomes], de quem também gosto muito; posso ser vice do Pacheco”, finalizou Luiz Datena.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Judiciário

Tribunal entra em recesso e retoma julgamentos normais em agosto.

Política

Jornalista agradeceu o apoio de Jair Bolsonaro e disse que vai seguir fora da política.

Política

Pré-candidato ao Senado, apresentador fará sua última aparição no dia 29.

Judiciário

Eleitores poderão comunicar à Justiça Eleitoral a disseminação de fake news.

----- CLEVER ADS -----