Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Saúde

Risco de internação por Ômicron é até 45% menor, aponta estudo

Cientistas compararam a nova variante com a cepa Delta.

Jernej Furman | Flickr

Pessoas infectadas com a variante Ômicron da Covid-19 têm 40% a 45% menos risco de internação hospitalar do que as que pegarem a cepa Delta. É o que afirma um estudo publicado pelo Imperial College de Londres nesta última quarta-feira (22). Eis a íntegra em inglês.

“De maneira geral, encontramos evidências de redução no risco de hospitalização com a Ômicron em relação às infecções com a Delta, pesando todos os casos no período do estudo”, disseram os autores, que analisaram dados de casos confirmados por testes PCR na Inglaterra entre 1º e 14 de dezembro.

Os cientistas correm para responder perguntas sobre a virulência e gravidade da Ômicron para ajudar governos a responderem à variante.

Desse modo, o estudo britânico segue um outro sul-africano divulgado que descobriu que pessoas diagnosticadas com a nova cape na África do Sul entre 1º de outubro e 30 de novembro tinham 80% menos chances de serem internadas do que as diagnosticadas com outra variante no mesmo período.

Pesquisadores do Imperial College declararam ainda que o risco de qualquer visita ao hospital com a Ômicron era entre 20 e 25% menor do que com a Delta.

Os cientistas acrescentam, no entanto, que as reduções em hospitalizações precisam ser consideradas levando-se em conta o maior risco de infecção, devido à redução na proteção oferecida tanto pela vacinação quando pela infecção natural.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Menos de dois meses após flexibilização, uso do item em locais fechados volta a ser exigido.

Mundo

Um ano atrás, a entidade considerou a hipótese como "extremamente improvável".

Mundo

Regime comunista ordenou isolamento a mais de 187 mil pessoas no país.

Últimas

Presidenciável do PDT entrou em isolamento e suspendeu viagens por uma semana.