Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

100 milhões de vacinas de Oxford para o Brasil

O presidente Jair Bolsonaro voltou a fazer menção as 100 milhões de doses da vacina contra Covid-19 que chegarão ao Brasil.

A parceria do país com a Universidade de Oxford foi anunciada pelo Ministério da Saúde em 27 de junho.

“Se fala muito da vacina da Covid-19. Nós entramos naquele consórcio lá de Oxford. Pelo que tudo indica, vai dar certo e 100 milhões de unidades chegarão para nós. Não é daquele outro país não [em referência à China], tá ok, pessoal? É de Oxford aí. Quem não contraiu o vírus até lá. Eu não preciso tomar porque já estou safo”, argumentou Bolsonaro.

Ainda não há uma data certa para que as vacinas cheguem ao Brasil.

Segundo a Fiocruz, a expectativa é que a assinatura do acordo ocorra durante o mês de agosto.

Possivelmente em dezembro

Em entrevista à CNN Brasil na tarde desta última terça-feira (28), o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, afirmou que o governo Bolsonaro já encomendou 100 milhões de doses da vacina de Oxford contra a covid-19.

A vacina está na terceira e última fase de testes. Caso a imunização se comprove eficaz e segura, o primeiro lote deve chegar ao Brasil em dezembro.

“Nessa encomenda está previsto o primeiro lote, para chegar em dezembro, e o segundo lote em janeiro. Muito em breve, se tudo der certo, nós teremos a vacina em dezembro com a ajuda de Deus e o esforço e trabalho de toda comunidade científica”, disse.

De acordo com o secretário, serão 15 milhões de unidades em dezembro e mais 15 milhões em janeiro.

O restante, ou seja, as outras 70 milhões, chegarão ao país em lotes sequenciais a partir de março.

Correia de Medeiros ressaltou que o Brasil tem a vantagem de poder produzir a vacina em território nacional, na fábrica Bio-Manguinhos, da Fundação Oswaldo Cruz.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Economia

Apesar de positivos, resultados ainda não voltaram ao patamar de 2019.

Governo

Equívocos ocorreram em todas as unidades federativas.

Saúde

Imunizantes cumprem quesitos de qualidade, eficácia e segurança, diz equipe técnica.

Mundo

Ele falou após a oração do Angelus, na Praça de São Pedro