Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Adolescentes lésbicas torturam e matam garota de 14 anos por causa de ciúmes

O caso aconteceu nesta terça-feira, 25, na praia de Maria Farinha, em Pernambuco.

Uma adolescente de 14 anos foi torturada até a morte por outras duas, de 15, na praia de Maria Farinha, em Paulista, no Grande Recife (PE), nessa terça-feira (25).

De acordo com a Polícia Civil de Pernambuco, as agressões foram filmadas e as imagens publicadas nas redes sociais.

O crime foi motivado por ciúmes.

No vídeo, a vítima aparece sendo agredida com socos, tem o cabelo puxado e a cabeça empurrada contra uma pedra.

Além disso, ela sofreu tentativas de afogamentos e diversos golpes de faca na nuca.

O corpo da adolescente foi deixado próximo de uma construção abandonada, após as agressoras terem sido flagradas por uma mulher que passava pelo local.

A adolescente foi encontrada com o uniforme de uma escola municipal do Recife, conforme informou o delegado Augusto Cunha.

Ele ainda disse que as agressoras estavam sob efeitos de drogas e que uma delas teve um relacionamento com a vítima.

As agressoras foram levadas à Delegacia de Maria Farinha e apreendidas durante a tarde.

Durante o depoimento, o delegado disse que as adolescentes tiveram surtos e que começaram a gritar.

Elas foram autuadas em flagrante por ato infracional equiparada a homicídio.  

Com informações, BHAZ

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Política

No país, mais de 3,5 milhões de pessoas entre 12 e 17 anos receberam a substância.

Últimas

Guilherme Alves Costa, de 18 anos, que matou Ingrid Oliveira Bueno da Silva com golpes de facas, escreveu um livro que contém planos para executar...

Mundo

O presidente da Faculdade Real de Psiquiatria e Saúde Infantil afirma que isso tem sido um fenômeno desde o início da pandemia

Últimas

Nova proposta de lei para redução da idade mínima para cirurgia de “redesignação sexual” gera protestos.