Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Amazon anuncia cancelamento de hospedagem da rede social Parler

A Amazon anunciou que vai cancelar o serviço de hospedagem da Amazon Web Services (AWS) da rede social Parler a partir deste domingo (10), obrigando a plataforma a procurar um novo servidor de hospedagem para que possa continuar ativa.

A Parler está sofrendo uma série de perseguição por parte de gigantes como Google e Apple que baniram entre a distribuição de seu aplicativo sob pretexto de disseminação de incitação à violência.

Para retornar a usas as plataformas suspense, da rede social terá que se curvar ao ‘politicamente correto’ e aceitar um conjunto de regras dessa empresas.

A Parler se nega a criar algoritmos e uma equipe de censores para editar o conteúdo criado por seus usuários na plataforma como fazem o Twitter, o Facebook e o YouTube.

Diversas autoridades americanas, incluindo o senador Ted Cruz e o congressista Devin Nunes, bem como os familiares e apoiadores proeminentes do presidente Donald Trump, criaram contas no Parler e estão convidando a todos para reforçar apoio à plataforma.

A resistência ultrapassou a tendência que começou nos Estados Unidos e já se espalha pelo mundo inteiro.

Milhões de usuários conservadores iniciaram uma migração em massa para a nova rede social.

O Conexão Política entrou em contato com a Parler, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Judiciário

Perfis continuar no ar, mas sem remuneração.

Política

"Eu gostaria que a Rede Globo pedisse desculpas pra mim", afirmou o ex-presidiário.

Mundo

Nova resolução do regime comunista visa inibir publicações que atinjam dirigentes do governo cubano.