Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Após pedido do PSL, TSE autoriza que representantes das campanhas acompanhem apuração dos votos na sala-cofre

Imagem: Reprodução | TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) atendeu a uma solicitação da coligação “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) para que até cinco representantes indicados pelo grupo e mais cinco representando a coligação do candidato Fernando Haddad (PT), pudessem acompanhar a totalização dos votos no tribunal.

Segundo o despacho da ministra Rosa Weber, o próprio tribunal já havia tomado a iniciativa de convidar ambas as coligações para acompanhar a apuração e divulgação de resultados nos dois turnos das eleições. A ministra ressaltou ainda, em sua decisão, que os representantes das coligações poderão acessar quaisquer salas e espaços físicos no TSE, no dia da eleição.

Realizada pelo TSE a partir das informações dos boletins de urna encaminhadas por uma rede exclusiva pelos tribunais regionais eleitorais (TREs), a apuração é iniciada logo após o encerramento da votação em cada um dos estados. Os representantes indicados poderão acompanhar a totalização dos votos a partir das 17h de domingo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Lançamento de conteúdos ocorrerá em fevereiro e visa melhorar estratégia de comunicação do partido.

Política

Usuários questionam projeções de adesão popular em torno do líder petista.

Judiciário

Empresa Positivo Tecnologia venceu licitação para aquisição dos itens.

Judiciário

Moraes assumirá a vice-presidência até agosto e, então, se tornará o próximo chefe da Corte.