Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Após pedido do PSL, TSE autoriza que representantes das campanhas acompanhem apuração dos votos na sala-cofre

Imagem: Reprodução | TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) atendeu a uma solicitação da coligação “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, do candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) para que até cinco representantes indicados pelo grupo e mais cinco representando a coligação do candidato Fernando Haddad (PT), pudessem acompanhar a totalização dos votos no tribunal.

Segundo o despacho da ministra Rosa Weber, o próprio tribunal já havia tomado a iniciativa de convidar ambas as coligações para acompanhar a apuração e divulgação de resultados nos dois turnos das eleições. A ministra ressaltou ainda, em sua decisão, que os representantes das coligações poderão acessar quaisquer salas e espaços físicos no TSE, no dia da eleição.

Realizada pelo TSE a partir das informações dos boletins de urna encaminhadas por uma rede exclusiva pelos tribunais regionais eleitorais (TREs), a apuração é iniciada logo após o encerramento da votação em cada um dos estados. Os representantes indicados poderão acompanhar a totalização dos votos a partir das 17h de domingo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Arquirrival do petista, Bolsonaro também é esperado para a solenidade em Brasília.

Política

Petista faz parte da lista de convidados para o evento. 2 mil pessoas foram chamadas.

Judiciário

Decisão liminar foi proferida pelo ministro Raul Araújo após pedido do PL.

Judiciário

Informação já circula em Brasília e movimenta os bastidores da política.

----- CLEVER ADS -----