Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Bolsonaro para Marina: “Temos aqui uma evangélica que defende plebiscito para aborto e drogas”

Imagem: Daniel Teixeira/Estadão

O enfrentamento entre Jair Bolsonaro (PSL) e Marina Silva (REDE) foi o momento mais acalorado no encontro de presidenciáveis ontem à noite, na RedeTV!.

Foi a primeira vez na campanha em que os candidatos que ocupam o primeiro e o segundo lugar nas intenções de voto tiveram um embate direto.

No final do quarto bloco, Bolsonaro escolheu Marina para perguntar se ela concordava com a ideia, defendida por ele, de facilitar o armamento para a população. Marina respondeu que não, mas logo em seguida voltou ao tema da equiparação salarial entre homem e mulher, fugindo da resposta.

Ao final da réplica de Marina, Bolsonaro contra-atacou apontando a contradição da candidata da REDE, que se diz evangélica mas defende plebiscito para legalização do aborto e da maconha.

“Temos aqui uma evangélica que defende o plebiscito para o aborto e para a maconha e quer agora defender a mulher. Você não sabe o que é uma mulher, Marina, que tem um filho jogado no mundo das drogas. Você não sabe o que é isso para defender um plebiscito nesse sentido. Eu defendo a mulher e defendo, inclusive, a castração química para estupradores.”, alfinetou o deputado.

A candidata da Rede ensaiou uma interrupção da fala de Bolsonaro, mas o parlamentar a lembrou: “a senhora não pode me interromper”.

 

 

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Para eleitores, a fatores econômicos devem ser prioridade.

Mundo

Medida visava garantir direito abortivo em nível federal.

Últimas

Declaração foi concedida nesta quinta (12), em rede nacional.

Últimas

Novo pleito deverá ser coordenado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais.