Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Sob risos de vereadores, São Paulo aprova projeto que cria Dia da Harmonização Facial

Proposta ainda passará por mais um turno de votação antes de se tornar lei.

Afonso Braga | Câmara de São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou nesta última quinta-feira (26) a criação do Dia da Harmonização Facial, a ser comemorado no dia 29 de janeiro.

A proposta é de autoria dos vereadores Isac Félix (PL) e Sandra Santana (PSDB).

Na justificativa da ideia legislativa, alega-se que “a apresentação pessoal é uma necessidade fundamental na vida das pessoas” e que “essa preocupação não raras vezes gera um trauma psicológico”.

Com isso, os parlamentares argumentam que “o projeto visa reconhecer um novo ofício que está surgindo e pode ajudar muitas pessoas”.

O vereador Isac Félix emitiu nota alegando que a sugestão também demonstra preocupação com vítimas de violência doméstica – ainda que a harmonização facial não seja considerada uma cirurgia plástica ou corretiva.

“Como vereador atuante nas comunidades, recebo inúmeros depoimentos e histórias de mulheres que sofreram violências terríveis que resultaram em cicatrizes em suas faces e corpos, causando-as baixa autoestima, inseguranças e sentimento de rejeição. Além disso, muitas dessas mulheres perderam oportunidades de emprego por conta das visíveis cicatrizes”, diz o comunicado.

O vereador Fernando Holiday (Novo), segundo-secretário da Casa, não se conteve e deu risadas ao ler sobre a aprovação do projeto, bem como os outros colegas próximos a ele.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Proposta prevê suspensão dos sistema até que Banco Central crie mecanismo de segurança.

Governo

Vice afirmou enxergar 'caminho aberto' para diálogo entre Executivo e Judiciário.

Congresso

Foram 319 votos a favor, 140 contrários e duas abstenções. Texto vai ao Senado.

Congresso

Para Marcos Rogério, cúpula da comissão não tem a intenção de apurar corrupção de verdade no país.

----- CLEVER ADS -----