Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

CCJ da Câmara inicia discussão da PEC da 2ª instância após deputados rejeitarem pedido do PT

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara rejeitou, por 38 votos a 4, pedido das deputadas do PT Maria do Rosário (RS) e Erika Kokay (DF) para retirar da pauta a PEC 410/18, que permite a prisão após condenação em segunda instância. Com isso, a CCJ começa a discutir a proposta.

Por acordo entre os coordenadores de bancada, todos os 104 deputados inscritos poderão falar – integrantes da CCJ terão direito a 15 minutos, os demais deputados, 10 minutos.

Desde 2016, o STF adotava um entendimento que permitia a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância. Na semana passada, no entanto, em votação apertada, os ministros mudaram o entendimento.

O ex-presidente Lula, condenado em duas instância, foi um dos beneficiados pela nova interpretação do STF e foi solto na sexta-feira passada.

Se for aprovada na CCJ, a PEC precisará ser analisada por uma comissão especial antes de ser encaminhada ao Plenário da Câmara.

Assista ao vivo:

Com informações, Câmara Notícias.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Últimas

Críticas neste sentido também ecoaram entre outros nomes da base governista.

Política

Cúpula petista havia recuado sobre assunto após uma série de críticas; agora, tema voltou a ser ecoado pelo líder do partido.

Política

Articulação antecede ano eleitoral; petista é o principal nome da esquerda ao pleito de 2022.