Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Ciro Gomes chama Moro de ‘capanga’ de Bolsonaro e recebe resposta do ministro

O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, fala à imprensa no CCBB, em Brasília.

Na manhã desta segunda-feira, 2, Ciro Gomes (PDT-CE) usou as redes sociais para tecer críticas contra o Governo Federal.

No Twitter, Ciro atacou o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O pedetista disse que a situação da Segurança no Ceará foi resolvida por causa dos ‘governo Gomes’ e disse que os dois deveriam aprender.

“Aprende, Bolsonaro e seu capanga Moro: no Ceará está o seu pior pesadelo! Generais, aqui manda a Lei!”, escreveu.

A resposta de Moro

Sergio Moro também usou o Twitter para rebater o comentário de Ciro Gomes.

Em três publicações, Moro destacou as ações do Governo Federal para conter a situação agravante no Ceará.

Na primeira resposta, ele iniciou rebatendo Ciro, dizendo que a crise no estado nordestino “só foi resolvida” pela equipe do governo Bolsonaro.

“A crise no Ceará só foi resolvida pela ação do Governo Federal, Forças Armadas e Força Nacional que protegeram a população e garantiram a segurança. Explorar politicamente o episódio, ofender policiais ou atacá-los fisicamente só atrapalharam. Apesar dos Gomes, a crise foi resolvida”, escreveu Moro

Moro prosseguiu destacando o empenho da PF e PRF.

“Aliás, em janeiro de 2019,o Governo Federal, desta vez pela Força Nacional, força de intervenção penitenciária, PF e PRF, já havia atuado no Estado do Ceará para, junto com as forças locais, debelar os atentados dos grupos criminosos organizados. O Governo Federal não falta ao Ceará”, disse.

E acrescentou:

“Recebo com satisfação a notícia sobre o fim da greve dos policiais no Ceará. O Gov Federal esteve presente, desde o início, e fez tudo o que era possível dentro dos limites legais e do respeito à autonomia do Estado. Prevaleceu o bom senso, sem radicalismos. Parabéns a todos”.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Festas ainda são permitidas de acordo com decreto estadual.

Governo

Às vésperas de 2022, embate entre os dois deve continuar ao longo dos próximos meses.

Política

Segundo o pedetista, Lula ‘conspirou’ pela queda da ex-presidente.

Política

‘Terceira via’ continua sendo assunto de debate entre opositores do governo.