Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

“Cochilei mas votei”, diz deputado que dormiu em sessão remota da Câmara

Uma sessão remota da Câmara dos Deputados sobre a Medida Provisória da carteira de trabalho verde e amarela que começou às 16h de terça-feira (14), virou a madrugada e nem todos os parlamentares aguentaram a votação inteira acordados.

Foi o caso do deputado federal Charles Fernandes (PSD-BA), que foi flagrado em um vídeo levantando de sua cama, após um cochilo.

“Eu dei uma cochilada mesmo, mas eu votei em todas. Não ficou nenhuma sem votar”, afirmou o parlamentar à Folha de S. Paulo. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Câmara dispensou todos os parlamentares do trabalho presencial e tem realizado sessões remotas, por chamadas de vídeo.

“Começamos tarde e você fica ali sentado ouvindo… o cansaço bateu, foram muitas horas seguidas de votação”, conta o deputado sobre seu cochilo.

Charles Fernandes está em sua casa, em Guanambi, no interior da Bahia, onde já foi prefeito. O deputado explica que não desliga a câmera durante as sessões , mas às vezes se afasta para dar uma “recostada”, quando fica acompanhando apenas o áudio da chamada.

“Apanhando um mosquito aqui e ali, mas acompanhando a sessão”, declarou.

Charles Fernandes diz que “o Congresso nunca trabalhou tanto como agora. Na semana passada, a gente trabalhou até sexta-feira”. Em situações normais, as sessões ordinárias da Câmara acontecem de terça a quinta. O deputado afirma que sente saudade das votações presenciais.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Congresso

Foram 312 votos a favor e 144 contra. Texto será votado mais uma vez antes de ir ao Senado.

Congresso

Deputados têm direito ao benefício quando não ocupam imóvel funcional em Brasília.

Congresso

Entrada no prédio ocorrerá mediante apresentação do cartão de imunização.