Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Bolsonarismo é ‘seita antidemocrática’ e ‘precisa ser varrido’, diz colunista da Folha

Declaração está gerando revolta nas redes sociais.

A jornalista Mariliz Pereira Jorge, colunista da Folha de S. Paulo, usou as manifestações do último sábado (1°) — em defesa do presidente Jair Bolsonaro — para atacar o ‘bolsonarismo’.

Por meio das redes sociais, ela afirmou que os apoiadores fazem parte de uma ‘seita antidemocrática’.

Na visão dela, tal movimento “é algo que precisa ser varrido”, pois “não há diálogo com o bolsonarismo”.

“O bolsonarismo é uma seita antidemocrática. É algo que precisa ser varrido. Quem endossa ou minimiza o bolsonarismo é da mesma laia”, escreveu.

Mariliz já fez passagem pela editora Abril, Marie Claire, VIP, entre outras, além ter atuado como editora e roteirista do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo.

 

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Congresso

Parlamentar disse lamentar o tipo de 'jornalismo' praticado pelo veículo.

Governo

Segundo o governo, trata-se de um ataque ransomware, em que os invasores geralmente pedem dinheiro em troca de dados sequestrados.

Judiciário

Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido.