Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Coronavírus: Espanha e Iraque registram suas três primeiras mortes; segundo caso na Arábia Saudita; Argélia relata novos casos

Na Espanha, há até o momento 242 casos de infecção pelo coronavírus; três dos quais já tiveram alta: um cidadão alemão que foi internado em La Gomera, uma mulher também na mesma ilha e um britânico em Mallorca. Além disso, a Comunidade Valenciana confirmou na terça-feira a primeira morte por COVID-19, quarta-feira a segunda no País Basco e nesta quinta-feira a terceira em Madri.

Atualmente existem 237 casos ativos: 89 em Madri, 22 na Comunidade Valenciana, 28 na Catalunha, 20 no País Basco, 13 na Andaluzia, 11 em Castilla y León, 12 em Castilla-La Mancha, 10 em Cantabria, 6 nas Ilhas Canárias, 7 em La Rioja, 6 na Extremadura, 5 nas Ilhas Baleares, 5 nas Astúrias, 3 em Navarra, 1 na Galícia e 1 em Aragão.

Sete dos pacientes da Andaluzia, Astúrias, Castilla-La Mancha, Castilla e Leão, Madri e Navarra estão na UTI e 14 do total infectado estão bem de saúde.

Todas as pessoas infectadas estão isoladas e existem várias comunidades autônomas que continuam avaliando casos suspeitos.

Iraque
As autoridades sanitárias iraquianas anunciaram na quarta-feira as duas primeiras mortes do país pelo novo coronavírus, uma na capital Bagdá e outra na região autônoma curda.
Um clérigo muçulmano de 70 anos morreu na quarta-feira (4) pelo vírus, a primeira morte do surto em um país onde 35 pessoas foram infectadas.
O clérigo iraquiano estava em quarentena na cidade de Sulaimaniyah, no nordeste do país, antes de sua morte, disse um porta-voz da autoridade sanitária da região autônoma curda.
Segundo fontes locais, ele havia se encontrado recentemente com iraquianos que retornavam do Irã, que registrou o terceiro surto mais mortal fora da China, o epicentro da epidemia.
Uma segunda morte pelo novo coronavírus foi anunciada pelo Ministério da Saúde do Iraque, que afirmou em comunicado que o falecido estava em Bagdá e sofria de “deficiências imunológicas”.

Arábia Saudita
Arábia Saudita anunciou na quarta-feira o segundo caso de coronavírus de um cidadão saudita que veio do Irã através de Bahrain, anunciou o Ministério da Saúde em comunicado publicado pela agência de notícias estatal.

O ministério confirmou que o novo caso está atualmente em quarentena no hospital e todas as pessoas que interagiram com ele foram testadas e os resultados serão anunciados assim que forem concluídos.

Argélia
A Argélia registrou 9 novos casos confirmados de coronavírus na quarta-feira, elevando para 17 o número total de pessoas com resultado positivo para o vírus, informou o Ministério da Saúde.

Os casos incluem 16 da mesma família na província de Blida, cerca de 30 km ao sul da capital Argel, e um italiano.

A família recebeu no mês passado um homem e sua filha baseados na França que foram testados positivos para coronavírus depois de voltar para a França.

Mortalidade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a taxa global de mortalidade entre os pacientes infectados pelo coronavírus é de 3,4%. Isso o torna mais letal que a gripe comum (influenza), que tem letalidade de menos de 1%, e o vírus corona causa uma doença mais severa, a Covid-19.

Em todo o mundo, mas 3.290 pessoas morreram devido ao vírus até o momento. Apenas na China, foram registrado oficialmente 3.013 mortes, na Itália 107 e no Irã 92. Foram registrados 95.748 infectados pelo novo coronavírus.

Comentários

Correspondente internacional na Europa.

Últimas

Anvisa ainda não liberou a utilização do autoteste no país

Últimas

Anvisa diz que resposta sobre venda deve sair no menor tempo possível

Judiciário

Categoria protesta contra desfalque de equipes de saúde na cidade.

Mundo

Decisão foi tomada pelo republicano em seu primeiro dia de mandato.