Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Datafolha: apoio à pena de morte bate recorde entre brasileiros

De acordo com uma pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (8), no jornal “Folha de S. Paulo”, a parcela de brasileiros que apoiam a implementação da pena de morte no país cresceu nos últimos dez anos. Segundo a consulta, 57% dos brasileiros concordam com a pena de morte. Este número representa um crescimento elevado em relação a  2008, quando 47% dos brasileiros aprovavam a medida.

Esse é o recorde numérico desde que a questão passou a ser aplicada pelo Datafolha, em 1991. Se a margem de erro –de dois pontos percentuais, para mais ou para menos– for considerada, o novo resultado empata com os percentuais registrados nas pesquisas de 1993 e 2007, quando 55% da população se disseram favoráveis à punição.

A pena de morte não é aplicada no país, apesar de estar prevista no inciso 47 do artigo 5º da Constituição Federal em período de guerra declarada.

Fonte: Pesquisa Datafolha que entrevistou 2.765 brasileiros com 16 anos ou mais, nos dias 29 e 30.nov, com margem de erro de 2 pontos percentuais

Os dados apontam que o apoio à pena de morte é maior entre os brasileiros com renda mensal de até cinco salários mínimos (R$ 4,700), faixa na qual 58% dos entrevistados defendem a pena de morte. Porém, esse número reduz para 51% na faixa dos cinco a dez salários (R$ 9,540).

Além disso, os homens tendem a apoiar mais a punição, com 60% de apoio, em comparação a 54% das mulheres. Já em relação à idade, a faixa etária que mais concorda com a execução é a de 25 a 34 anos de idade, com 61% de aprovação.

A pesquisa foi realizada com 2,765 brasileiros, de 192 municípios, entre 29 e 30 de novembro de 2017, com margem de erro de 2 pontos percentuais.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Política

Levantamento foi realizado pelo Paraná Pesquisas.

Política

Os dois principais nomes aparecem isoladamente na liderança da corrida ao Planalto.

Mundo

Queda mais acentuada ocorreu entre jovens adultos, 'progressistas' e simpatizantes do Partido Democrata.

Política

74% dos eleitores do atual presidente têm a intenção de refazer a escolha de 2018.

----- CLEVER ADS -----