Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Deputada solicita informações sobre escritório do governo de SP na China, mas não obtém resposta de Doria

A deputada estadual Leticia Aguiar (PSL-SP) protocolou um requerimento na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), solicitando ao governo Doria informações sobre o escritório comercial localizado em Xangai, na China.

O escritório foi aberto ainda em 2019. Segundo o Executivo estadual, a intenção é aproximar o estado ao governo chinês na geração de negócios.

Escritório InvestSP em Xangai – Imagem: Governo de SP | Divulgação

O documento foi feito pela parlamentar ainda no início da pandemia da covid-19 no Brasil, no dia 23 de abril. No texto, a deputada solicita diversos esclarecimentos como:

1) critérios técnicos para escolher a China para implementar o escritório;

2) custo mensal da manutenção do escritório;

3) quantas novas empresas estão em incubação no local;

4) se o escritório continuou operando durante o período de pandemia;

5) resultados concretos do escritório durante a pandemia, dentre outros.

Ofício enviado pela deputada ao governo de SP – Imagem: Divulgação | Alesp

De acordo com a Alesp, o requerimento foi entregue ao Secretário de Estado de Governo no dia 12 de maio.

O prazo inicial para resposta era de 30 dias e foi prorrogado por mais 30, porém, já se passaram mais de 70 dias e o governo de São Paulo ainda não se pronunciou.

O prazo limite para resposta era de 60 dias.

“Estamos pedindo esclarecimentos sobre esse escritório que João Doria implantou na China. Se os resultados são bons, não há o que esconder da população paulista. Meu papel é fiscalizar as ações do executivo, vou seguir cobrando e investigando as ações do governo de São Paulo, mesmo que demorem para nos responder, não vamos parar”, disse a deputada Leticia Aguiar.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Economia

Aeronave levaria o empresário Guilherme Benchimol, principal acionista da empresa.

Mundo

Segundo Pequim, autoridades japonesas 'se comportaram mal' ao falar sobre as tensões na região.

Mundo

Ministério da Defesa taiwanês diz que China lançou 11 mísseis em águas perto da ilha.

Mundo

Ministério das Relações Exteriores russo pede aos EUA que reconheçam 'nova realidade geopolítica'.

----- CLEVER ADS -----