Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

“Eu privatizaria tudo, sou quase um libertário”, diz secretário de desestatização

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse para a Veja nesta quinta-feira (28) que está “frustrado” com relação ao recuo com as privatizações no governo Bolsonaro.

“O presidente falou que iria fechar a EBC. O que é a EBC? Era um antro de petistas, com mais de dois mil funcionários. Agora, o presidente disse que não vamos mais fechar a EBC”, disse o secretário.

Salim ainda completou:

“Se a decisão fosse minha, eu privatizaria tudo. Não faz sentido o governo ter bancos. Mas a orientação que recebi foi manter a Caixa, o Banco do Brasil e a Petrobras. Talvez eu esteja um pouquinho mais à direita do ministro Paulo Guedes, porque sou quase um libertário.”

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Governo

Presidente foi ao Ministério da Economia após debandada de secretários que rejeitam furar o teto de gastos.

Análise

Texto cria duas categorias de atuação para novos operadores postais.

Judiciário

Os presos são acusados de fraudar benefícios assistenciais a idosos.

Economia

Ministro da Economia salientou que nunca foram aprovadas tantas medidas econômicas em tão pouco tempo.