Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

EUA criam 4,8 milhões de empregos em junho e registra recorde histórico

O Departamento de Trabalho dos EUA disse hoje, 2 de julho, em seu relatório mensal, que os empregadores criaram 4,8 milhões de empregos em junho – o maior aumento já registrado, derrubando a taxa de desemprego para 11,1% no país. O resultado supera as expectativas de economistas, que esperavam um índice de desemprego em 12,3%, ou seja, esperavam que fossem gerados apenas 3 milhões de empregos no mês.

Ainda assim, há 12 milhões de americanos desempregados a mais hoje do que em fevereiro, período pré-coronavírus.

Ao longo do mês passado, todos os estados começaram a reabrir suas economias, o que levou à retomada da atividade econômica e a recontratação de muitos trabalhadores.

Maio

O número de maio revisado mostra que naquele mês foram criados 2,7 milhões de empregos.

Comentários

Católico, conservador, correspondente internacional, observador político e criador do site 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia (EUA).

Mundo

Das seis principais competidoras, quatro têm menos de 17 anos; a mais nova é uma menina de 10.

Economia

Estudo divulgado pelo Ipea utiliza como base os dados da Pnad Contínua, do IBGE.

Mundo

Corte suspendeu uma decisão de 1973 que considerava a interrupção da gravidez como direito.

Mundo

Resolução é a mais relevante sobre o assunto no país desde 2010.