Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

EUA iniciam projeto do Air Force One supersônico

Uma empresa aeroespacial que desenvolve aeronaves comerciais Mach 5, a Hermeus, fez uma parceria com a Força Aérea dos Estados Unidos e a Diretoria de Transporte Aéreo Presidencial e Executivo para trabalhar em um projeto de viagens hipersônicas para o Departamento de Defesa.

O novo Air Force One supersônico teria condições de voar a 4.800 km/h, ou cinco vezes a velocidade do som. A Hermeus planeja construir um veículo de demonstração nos próximos cinco anos, com aeronaves comerciais previstas em cerca de uma década, Skyler Shuford, seu cofundador e diretor de operações, disse em 2019.

O Brigadeiro General Ryan Britton, Oficial Executivo do Programa de Transporte Aéreo Presidencial e Executivo comentou sobre o programa.

“Saltos de capacidade são vitais enquanto trabalhamos para complicar o cálculo de nossos adversários. Aproveitando o investimento comercial para conduzir novas tecnologias à Força Aérea, somos capazes de maximizar nosso retorno sobre os investimentos do Departamento de Defesa. A Diretoria de Transporte Aéreo Presidencial e Executivo tem orgulho de apoiar a Hermeus para tornar essa capacidade revolucionária uma realidade enquanto buscamos recapitalizar a frota no futuro. “

A equipe da Hermeus projetou do zero, construiu e testou com sucesso um protótipo de motor Mach 5, em apenas 9 meses.

“Usando nossa tecnologia de pré-resfriamento, pegamos um motor de turbina a gás pronto para uso e o operamos em condições de velocidade de vôo mais rápido do que o famoso SR-71. Além disso, aumentamos o modo ramjet para condições Mach 4- 5, demonstrando capacidade de propulsão hipersônica com respiração aérea de alcance total “, disse Glenn Case, CTO da Hermeus.

Comentários

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

Mundo

Presidente dos EUA garantiu que agirá 'rapidamente' se uma atualização da vacina for necessária.

Mundo

Júri de Wisconsin reconheceu que Kyle Rittenhouse não fez nada de errado e o considerou inocente.

Mundo

Casa Branca incluiu 12 empresas do país asiático em lista negra comercial.

Mundo

País comunista se opõe 'firmemente' e afirma que Biden comete 'erro' ao acenar para a ilha.