Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

“Extrema esquerda e extrema direita se parecem muito”, diz Sergio Moro

Em conversa com o site O Antagonista, o ex-ministro Sergio Moro voltou a falar sobre as ‘faltas de apoio’ de Jair Bolsonaro à pauta anticorrupção e de coordenação do governo federal em relação à pandemia.

Moro também respondeu sobre o futuro de sua ‘carreira’.

Em determinado ponto do diálogo, Moro chegou a afirmar:

“[A] extrema esquerda e extrema direita se parecem muito”, disse ele.

A visão dele sobre Huck, Doria e Mandetta

Em outra entrevista, dessa vez à GloboNews, Moro foi questionado sobre as eleições presidenciais de 2022.

Moro disse que o foco do Brasil deve ser 2020 e o combate ao coronavírus. Apesar disso, afirmou que vê o Brasil com “bons nomes” para concorrer nas próximas eleições.

“Tem o Luciano Huck, o governador de São Paulo, João Doria, o ex-ministro [Luiz Henrique] Mandetta. Eu, sinceramente, acho que o Mandetta fez um trabalho no Ministério da Saúde, durante a pandemia, fenomenal (…). Não faltam candidatos, o país tem bons nomes”, disse.

A declaração aconteceu no último domingo (5).

Sobre ele próprio ser candidato, Moro disse apenas que quer “continuar participando do debate público. Para tanto, eu não preciso ter um cargo, eu posso continuar falando”.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Ao falar sobre viés político no jornalismo, o comunicador disse que ‘todo mundo era de esquerda’ nos locais onde ele trabalhou.

Política

Conforme o levantamento, cresceu o número de pessoas que não se classificam “nem de direita, nem de esquerda, nem de centro”.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

----- CLEVER ADS -----