Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Felipe Neto é intimado por suposto crime contra segurança nacional

A Polícia Civil do Rio de Janeiro intimou o youtuber Felipe Neto a depor por suposto crime previsto na Lei de Segurança Nacional (LSN).

O motivo, segundo o youtuber e influencer, teria sido chamar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de “genocida”.

Felipe Neto foi intimado pelo delegado Felipe Sartori, titular da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI). No ano passado, Sartori já havia indiciado o influenciador digital por corrupção de menores.

Ao G1, o delegado informou que a queixa-crime partiu do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ).

“Foi uma petição pedindo a instalação do procedimento porque parece que o Felipe Neto teria chamado o presidente de genocida, e aí se enquadraria nessa Lei de Segurança Nacional, conforme o entendimento mais recente no STF (…) A petição, quem fez o pedido da investigação, foi o Carlos Bolsonaro, mas a vítima é o pai dele, o presidente”, explicou Sartori.

Após ser intimado e ouvido, o caso será encaminhado à Justiça.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Últimas

Entre os artistas mais escutados do Brasil é acusado de fazer distribuição de drogas.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

----- CLEVER ADS -----