Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

FIOL e Ferrogrão serão leiloadas em 2021

Ministro de Estado da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o presidente da República Jair Bolsonaro,durante o ato de homenagem do Agronegócio ao presidente da República em Sinop no Mato Grosso

O governo federal pretende realizar o leilão de concessão das ferrovias FIOL (Ferrovia de Integração Leste-Oeste) e Ferrogrão.

O objetivo de criação destas ferrovias é a escoação de minerais e grãos entre o Centro-Oeste, o litoral baiano e a região Norte do Brasil.

No entanto, a Ferrogrão será uma obra iniciada do zero. O leilão da FIOL está marcado para o dia 8 de abril na B3 (BOVESPA) e as empresas interessadas devem apresentar suas propostas até o dia 5 do mesmo mês.

Como recorrente, o uso do dinheiro dos leilões ferroviários servirá para o financiamento de outras obras relacionadas ao mesmo modal.

Segundo o Ministério da Infraestrutura, cerca de 60 mil empregos serão gerados ao longo do tempo. O projeto beneficiará especialmente a região Nordeste do Brasil.

Com relação a Ferrogrão, a expectativa é que 365 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados ao longo dos investimentos realizados pela parceria privada. Ao todo, estima-se que a ferrovia movimentará, anualmente, 41 milhões de toneladas de minerais a produtos agrícolas até 2050.

O projeto da Ferrogrão integrará 933 km — interligando Sinop-MT até Miratituba-PA, tendo o fim da sua via na Bacia do rio Amazonas, interligando-se ao porto fluvial de Miratituba.

Comentários

Doutorando em Engenharia Civil, mestre em Geologia, professor e analista em geoprocessamento. Natural de Recife (PE).

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

Política

Prazo também vale para pagamento da primeira cota

Política

Operação Calígula cumpre 29 mandados de prisão