Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Funcionária do Carrefour que filmou assassinato de João Alberto é presa

Adriana Alves Dutra, funcionária do Carrefour em Porto Alegre, foi presa temporariamente nesta terça-feira (24), segundo informações da Polícia Civil.

Em gravações feitas no momento do espancamento, Adriana aparece filmando a cena. De acordo com a delegada Vanessa Pitrez, diretora do Departamento de Homicídios, a Polícia entende que a mulher teve participação decisiva nas agressões que resultou na morte João Alberto Silveira Freitas, autônomo de 40 anos, uma vez que ela teria poder de comando sob os dois seguranças. .

Adriana é agente de fiscalização do estabelecimento.

Além disso, um motoboy que também filmou o ocorrido disse que foi ameaçado por ela.

Ao todo, sete pessoas são investigadas no inquérito que apura morte de João Alberto.

João Alberto tinha passagens pela polícia, por crimes de porte ilegal de arma (2010) e violência doméstica (2017), crimes pelos quais foi condenado.

O sepultamento ocorreu neste último sábado, 21, no cemitério municipal São João, zona norte de Porto Alegre.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Governo

Segundo o governo, trata-se de um ataque ransomware, em que os invasores geralmente pedem dinheiro em troca de dados sequestrados.

Judiciário

Ela é acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido.