Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Governo comunista de Xi Jinping obriga dissolução de igreja cristã em Zhengzhou

Xi Jinping

Em 13 de abril, uma igreja na capital da província de Henan, centro-leste da China, recebeu um aviso de dissolução a mando do governo ditatorial de Xi Jinping, do Partido Comunista Chinês, declarando suas atividades religiosas “ilegais”.

De acordo com o aviso compartilhado pela Irmandade Cristã Chinesa de Justiça, a Igreja de Antioquia, com sede em Zhengzhou, recebeu o aviso do Departamento de Assuntos Civis de Zhengzhou, alegando que a igreja está “realizando atividades como um grupo social sem registro”, o que violaria os regulamentos sobre o Registro e Gestão de Organizações Sociais, Capítulo 3 Art. 9, “[…] para estabelecer uma organização social, uma solicitação deve ser enviada após o exame e aprovação da organização patrocinadora”.

Agora, o departamento proibirá a igreja de acordo com o art. 32, “O departamento de registro e gerenciamento deve cancelar o registro de organizações sociais que se envolvem em atividades fraudulentas ou enganosas”.

Parte do art. 33 também foi citado no aviso – “Se uma das seguintes circunstâncias ocorrer em uma organização social, o departamento de registro e gerenciamento deve emitir um aviso e solicitar uma correção e pode suspender as atividades por um período definido, bem como ordenar a demissão da pessoa diretamente responsável; no caso de circunstâncias mais graves, o registro será cancelado e se o ato constituir crime, a punição será aplicada de acordo com a lei. ”

A China Aid relatou que os cristãos locais em Zhengzhou disseram ter ouvido falar da Igreja de Antioquia, mas não estão familiarizados com a atualização mais recente.

 

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Mundo

Casa Branca incluiu 12 empresas do país asiático em lista negra comercial.

Mundo

País comunista se opõe 'firmemente' e afirma que Biden comete 'erro' ao acenar para a ilha.

Mundo

Situação de tenista que denunciou agressão sexual preocupa comunidade internacional.

Mundo

Segundo a mídia estatal, tratamento demonstrou redução em hospitalizações e mortes.