Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Mandetta critica postura de Guedes na pandemia: ‘olhava muito para si; para dentro do próprio ministério’

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, criticou a postura do ministro da Economia, Paulo Guedes, em relação à pandemia do novo coronavírus.

A declaração ocorreu nesta última segunda-feira (12), no programa Roda Viva, da TV Cultura.

Segundo Mandetta, Guedes passava a impressão de ter pouco interesse na questão da saúde.

“Eu precisava que eles entendessem o contexto da doença, para somar forças e falar ‘quando tivermos todas as armas, vamos começar a falar da sua atividade econômica’, mas era muito difícil. Ele (Guedes) olhava muito para si, muito para dentro do próprio ministério. Acho que ele não tinha muito tempo, muito interesse”, afirmou.

Na visão dele, Guedes pode ter influenciado a posição do presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia, priorizando a economia.

“O que me incomodava é que criaram um falso dilema. O presidente falou ‘eu prefiro atender a economia, porque acho que a economia é mais importante do que atender a saúde’. Naquele momento, acho que tinha que ser ministro da Economia e ministro da Saúde para construir uma fala conjunta, mas não tinha eco”, frisou.

Ainda sobre o assunto, Mandetta acrescentou:

“Lógico que o ministro da Economia devia chegar e falar ‘esse ministro da Saúde vai parar o Brasil, o mundo vai acabar, vai ter desemprego, vai ter gente na rua, vai ter quebra-quebra’. Acho que ele deve ter sido uma grande influência para o presidente”, concluiu o ex-ministro da Saúde.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

21 milhões de novos casos de Covid foram registrados.

Política

Diretriz repassada a agentes de todo o país estabelece ações em meio à crise sanitária.

Últimas

Desconto maior de 92% da dívida valerá para 548 mil contratos

Mundo

Sintomas foram observados em uma mulher grávida. Ela não estava vacinada contra a Covid-19.