Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Mike Pompeo manda recado para o Brasil

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse nesta terça-feira (14) que os EUA estão tentando garantir acesso a todas as mercadorias das quais precisam para enfrentar a pandemia.

Contudo, segundo ele, o país deve ajudar o Brasil com insumos somente quando a situação melhorar entre os americanos.

Atualmente, os EUA são o epicentro do novo vírus, com mais de 594 mil casos confirmados e 25 mil mortes.

“Estamos tentando ter certeza de que temos todas as coisas que precisamos nesse período incrivelmente desafiador (…) O povo brasileiro pode contar com os EUA quando ‘virarmos a esquina’ [‘turn the corner’, expressão em inglês para se referir à melhora do quadro depois de uma situação difícil] e aumentarmos a produção americana para todos os itens restritos, que vão de respiradores, testes, tudo o que é necessário. Quando chegarmos lá, o Brasil deveria saber que faremos tudo o que pudermos para ter certeza de que eles têm o que precisam”, afirmou.

Pompeo ainda acrescentou:

“Os EUA estão tentando se certificar de que há equipamentos para sua população, e isso é o que todos os líderes estão fazendo, é o que o presidente Bolsonaro está fazendo e o que todos os líderes latino-americanos estão fazendo”, destacou

O Secretário de Estado ainda confrontou a China, e disse que “uma lição que será aprendida nessa crise”, assegurando que os EUA e o mundo não devem mais  depender do Partido Comunista Chinês para a produção de itens tão necessários.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Economia

Cortes representam cerca de 2% da força de trabalho da empresa nos EUA.

Política

Todos devem cumprir a legislação eleitoral para apto ao pleito deste ano.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém