Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Ministério da Saúde firma parceria com três empresas e deve entregar 2,8 milhões de medicamentos para intubação

O médico cardiologista Marcelo Queiroga, indicado para ser o novo ministro da Saúde, e o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, falam à imprensa no Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (23) que mais de 2,8 milhões de unidades de medicamentos de intubação orotraqueal (IOT) começaram a ser entregues para todo o Brasil.

A operação de distribuição é uma parceria firmada com três empresas fabricantes.

Segundo a pasta, as entregas foram negociadas após reuniões entre o ministério da Saúde e representantes dos laboratórios fornecedores dos medicamentos.

As reuniões foram iniciadas nesta segunda-feira (22) e foi encerrada ontem, 23.

A prioridade da pasta ocorre com urgência, uma vez que a intubação é necessária nos casos mais delicados de tratamento da covid-19. Devido o grande agravamento da doença, o paciente precisa receber ventilação mecânica e manter a respiração adequada enquanto combate a infecção.

A empresa Cristália se comprometeu a fornecer 1,26 milhão de unidades dos medicamentos, com entregas previstas para os próximos sete dias. A empresa Eurofarma entregará ficará responável por entregar 212 mil ampolas em todo território nacional. Já a empresa União Química também enviará, até 30 de março, um total de 1,4 milhão de medicamentos.

A partir de uma base no monitoramento realizado nos estados e municípios, o cronograma de entregas foi montado para verificar a disponibilidade dos medicamentos de intubação orotraqueal em todo o país. Os dados são repassadas. Com isso, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) recebem as devidas informações do Consumo Médio Mensal (CMM) dos medicamentos por estados e municípios.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, a pasta também recebe dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre a produção e venda dos fabricantes no país.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Saúde

Dados do Ministério da Saúde apontam 585 falecimentos entre 1º janeiro e 20 de junho.

Saúde

Paciente tem 34 anos e é tratado em casa no Rio Grande do Sul

Saúde

Treinamento é iniciativa da Opas, Fiocruz e do Ministério da Saúde

Política

Novo caso suspeito foi notificado em São Paulo

----- CLEVER ADS -----