Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Ministro Admar Gonzada defende imediata proibição de campanha de Lula

Imagem: Fernando Donasci | Agência O Globo

Na madrugada desta sexta (31), no Tribunal Superior Eleitoral, durante a decisão que definiu que Lula não poderá concorrer à Presidência, o ministro Admar Gonzaga também pediu a execução imediata dos efeitos do indeferimento da candidatura de Lula, com a interdição de atos de campanha e a não inclusão de seu nome na urna.

“No que diz respeito aos efeitos dessa decisão, entendo que eles devem ser plenos. Desde a publicação do acórdão, extraindo daí todas as consequências do indeferimento no tocante à interdição de atos de campanha à não inclusão do respectivo nome na urna”, afirmou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

É a segunda entrevista consecutiva que o mandatário concede a um canal do Youtube.

Política

Segmento foco da pesquisa representa cerca de 17 milhões de pessoas ou 8% da população brasileira.

Judiciário

Decisão liminar foi proferida pelo ministro Raul Araújo após pedido do PL.

Política

Em entrevista, ele citou a importância da ‘alternância do poder’ no regime democrático.

----- CLEVER ADS -----