Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Mulheres correm mais risco de violência sexual em vestiário unissex, afirma estudo

Imagem: Getty Images

Um levantamento publicado pelo jornal britânico “Sunday Times” no último domingo (2) teve acesso a queixas de violência sexual em vestiários unissex de locais públicos no Reino Unido.

Os casos de violência, assédio sexual e voyeurismo registrado no país ocorreram em locais neutros de gênero chegam a quase 90%. Além disso, dois terços dos casos de abuso sexual em locais de lazer em específico ocorreram em vestiário unissex.

Para ser mais exato, foram 134 queixas registradas entre 2017 e 2018, 120 desses acontecimentos ocorreram nesses vestiários, enquanto 14 abusos ocorreram em espaços designado apenas para homens e mulheres. Os demais 46 casos ocorreram em corredores e ou piscinas.

Os vestiários sem definição de gênero são menos da metade de todos os vestiários do país. O estudo derruba a narrativa de que é uma boa ideia banheiros e vestiários sem distinção de gênero. 

Comentários

Mineiro, administrador de empresas e cristão.

Política

Mês de maio marca ações do governo federal voltadas à empregabilidade no mercado de trabalho.

Mundo

Recursos ajudarão a financiar medidas de alívio contra a inflação no país.

Mundo

Auxílio dos países inclui sistemas aéreos e de defesa e veículos blindados.

Mundo

Para o primeiro-ministro do Reino Unido, países do Ocidente precisam "apertar o cerco".