Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Os dois favoritos da Lava Jato para assumir a PGR

O cargo tem uma extrema importância para que a atuação contra a corrupção seja mantida e aprimorada.

O cargo tem uma extrema importância para que a atuação contra a corrupção seja mantida e aprimorada.

Muito antes das eleições internas para a escolha de uma lista tríplice ser apresentada ao presidente Jair Messias Bolsonaro, o subprocurador Augusto Aras e Deltan Dallagnol já despontavam como favoritos a ocupar o lugar da atual procuradora-geral da República, Raquel Dodge.

Favoritos de Sérgio Moro e de integrantes da força-tarefa da Lava Jato, Aras e Dallagnol ficaram fora da lista dos mais votados pelo MPF.

Vale destacar que o presidente não é obrigado a escolher alguém da lista sugerida.

Afinal, como registrou o Conexão Política nesta sexta-feira (21), a maior preocupação atual, em torno da escolha da PGR, não é somente de preservar o futuro da Lava Jato, mas principalmente garantir a ‘estabilidade’ política.

Segundo fontes próximas ao presidente, Bolsonaro não pretende reconduzir a atual procuradora-geral da República – que terá seu mandato encerrado em 18 de setembro deste ano.

O Resultado da Lista Tríplice

Promovida pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) desde 2001, os três mais votados para assumir a Procuradoria-Geral da República foram os subprocuradores Mário Bonsaglia e Luiza Frischeisen, e o procurador regional Blal Dalloul.

O candidato Mário Bonsaglia foi o mais votado, com 478 votos; em seguida, Luiza Frischeisen (423); o terceiro foi Blal Dalloul (422).


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Presidente afirma que segue confiando em ex-ministro investigado pela PF.

Governo

Presidente defende investigação sobre diretoria e conselho da empresa estatal.

Política

Justiça Eleitoral barrou a transferência do domicílio do ex-juiz para São Paulo.

----- CLEVER ADS -----