Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Parlamento chinês apresenta projeto de lei que permitirá à guarda costeira da China o uso de armas em águas reivindicadas pelo país

Na quarta-feira (4), o Parlamento chinês apresentou um projeto de lei que permitirá que a guarda costeira chinesa use armas quando navios estrangeiros envolvidos em atividades ilegais, em águas reivindicadas pela China, não obedecerem a ordens como ‘parar’.

Como a China afirma que as ilhas Senkaku, administradas pelo Japão, fazem parte de seu território, a lei prevista poderia ter como alvo navios japoneses que navegam em torno das ilhotas desabitadas. As pequenas ilhas no Mar da China Oriental são chamadas de ‘Diaoyu’ por Pequim.

O governo japonês disse no início desta quinta-feira (5) que um navio chinês foi avistado na chamada ‘zona contígua’ fora das águas japonesas, acrescentando que os navios chineses já foram observados perto das ilhas por 285 dias este ano e também pelo 59º dia consecutivo.

Comentários

Correspondente internacional na Europa.

Saúde

Todas hipóteses sobre surgimento do vírus permanecem à mesa, garantiu o diretor da entidade.

Mundo

No país comunista, o setor automotivo foi o mais afetado pelo fechamento da economia.

Mundo

"Este é um aviso solene contra a recente aliança", disse um porta-voz do exército chinês.

Governo

Vice disse que 'ruídos' durante a pandemia não prejudicaram a diplomacia junto ao país comunista.