PF faz operação contra grupo que vendia drogas pelos Correios

A Polícia Federal (PF) fez uma força-tarefa na manhã desta quarta-feira (22) para combater o tráfico interestadual de drogas sintéticas em cinco estados do Brasil. Agentes federais cumpriram mandados de busca e apreensão em duas cidades de Goiás.

De acordo com a investigação, o grupo criminoso anunciava a venda de drogas sintéticas pelas redes sociais e enviava o material ilícito em correspondências por meio dos Correios. A prática levou ao nome da operação, “Carta Marcada”.

A apuração do crime também apontou que essas remessas de drogas foram encaminhadas para outros estados além de Goiás, como Tocantins, Minas Gerais, Santa Catarina e Bahia, abrangendo, portanto, as cinco regiões do país.

A droga sintética vendida pelo grupo chama-se “25E-NBOH” e contém uma estrutura molecular e efeitos similares aos de outras drogas já conhecidas e proibidas pela legislação, como os alucinógenos LSD e NBOMe.

O Conexão Política entrou em contato com os Correios e solicitou uma manifestação a respeito do caso, mas não havia recebido retorno até a última atualização desta matéria. O texto poderá ser atualizado.

Leia também