Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Por que será que Faustão atacou Jair Bolsonaro e criticou os manifestantes pró-governo?

Esta não é a primeira vez que o apresentador cita o presidente.

No último domingo, o apresentador Faustão além de atacar o presidente Jair Bolsonaro, também criticou os milhares de manifestantes que foram às ruas a favor da reforma da previdência.

Hoje a galera fez manifestações a favor da Previdência e do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro. Sociedade sabe o que quer, hein?”, disse o apresentador.

E não parou por aí.

Ele fez uma reflexão com a música ‘Assim Caminha a Humanidade’, composta por Lulu Santos em 1994, artista convidado do ‘Domingão do Faustão’.

“A canção ‘Assim Caminha a Humanidade’ você fez em 1994. E agora, neste 2019? Para onde vai a gloriosa humanidade, com Trump nos Estados Unidos, com o Brexit, de direita. Putin, Bolsonaro… Pra onde vai a humanidade? Cada lugar tem o seu”, disparou.

Entenda a real situação 

É inquestionável que a TV Globo vem enfrentando uma crise tanto financeira, quanto de audiência.

Alguns programas saíram das programações da emissora, entre eles o ‘Vídeo Show’, tradicional das tardes da Globo.

Além disso, as novelas, que é o carro chefe da emissora, também estão e não fazem o mesmo sucesso de antes.

Com todos esses problemas, hoje é comum a Globo ficar atrás da TV Record e do SBT — numa contínua briga pelo primeiro lugar na audiência — o que era raro há um tempo.

Saiu recentemente na imprensa que, a emissora de Roberto Marinho, estuda reduzir os salários de seus colaboradores, inclusive de seus ‘medalhões’ — Luciano Huck, Galvão Bueno e Faustão.

Será que é isso que esteja incomodando tanto Faustão a ponto do apresentador (um dos mais bem pagos, senão o mais bem pago da TV brasileira) usar o seu programa para atacar a população brasileira que foi manifestar a favor das pautas mais importantes para o país atualmente?

O gigante acordou

O presidente Jair Bolsonaro já deixou claro que não vai gastar dinheiro público de forma irresponsável com a imprensa e mudou a forma do governo se comunicar com o povo para não gastar o dinheiro público de forma inconsciente.

O  que está claro, é que o critério de Faustão para atacar o governo é o interesse pessoal.

O apresentador está mais preocupado com a decadência da empresa em que trabalha do que a crise que assola nosso país.

O povo não é otário. 

E se um dia o povo dormiu, hoje não dorme mais, e está de olho na política, para monitorar e cobrar.

O povo sabe do que o país realmente precisa.

Sabe que precisa urgentemente da reforma da previdência; sabe que precisa da aprovação do pacote anticrime do ministro Sérgio Moro; sabe que o país precisa da CPI Lava Toga.

Domingão do Faustão?

O que o povo não precisa é de um programa de domingo, apresentado por um apresentador que fala um monte de besteiras para defender seus interesses pessoais acima dos interesses nacionais.

E pior, desmerecendo uma manifestação popular muito bem organizada e com pautas extremamente claras e objetivas.

A pergunta que eu deixo aqui é: se o atual governo não mudasse a forma de gastar nosso dinheiro com a imprensa e continuasse levando nosso país para o buraco, será que Faustão estava tão insatisfeito?


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Comentários

Mineiro, Administrador de Empresas, cristão e conservador.

Governo

Declaração do presidente foi confirmada pelo dirigente do partido.

Mundo

Ditador afirma que declarações do brasileiro sobre a Covid-19 são “loucuras típicas de um extremista de direita”.

Últimas

Em comunicado, canal de TV torna imunizante obrigatório para colaboradores.

Governo

Presidente afirma que atos farão parte de "um momento ímpar para o futuro" do país.