Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Professora é assassinada por não cumprir ordem de traficantes em Pernambuco

Segundo testemunhas, a vítima estava sendo ameaçada há cerca de um mês; polícia investiga o caso.

Arquivo | Reprodução

No último domingo (5), uma professora aposentada foi assassinada em Pernambuco. Trata-se de Edna de Souza Fonseca, de 63 anos, moradora do Cabo de Santo Agostinho.

Segundo o jornal Diário de Pernambuco, testemunhas relataram que Edna foi morta por não obedecer ordem de traficantes. Há cerca de um mês, a vítima estava recebendo ameaças de criminosos. Eles exigiam que ela retirasse o circuito de câmeras de sua residência, alegando que o monitoramento estava impedindo a ação na região. Edna, por sua vez, não atendeu a demanda dos traficantes. Com medo, alguns vizinhos atenderam as exigências.

Ainda de acordo com o Diário, a execução aconteceu quando a professora estava passeando com seu animal de estimação. Ao sair pela rua Aurora, no centro da cidade, ela foi seguida por dois homens que estavam a pé. Os disparos aconteceram na rua Coronel Cysneiros, ao lado da rua em que a vítima morava e a 200 metros de distância de um Batalhão da Polícia Militar.

Edna de Souza foi baleada na cabeça e não resistiu aos ferimentos. O cachorro também foi baleado e morreu, tendo perfurações no tórax.

Em nota, a Polícia Militar garantiu que vai intensificar as rondas na localidade do crime. “O policiamento no Cabo de Santo Agostinho é feito pelo 18BPM, por meio de guarnições táticas, diuturnamente, com apoio de viaturas de equipes do Contra Resposta, do Grupo Tático Itinerante e da Operação Conquista”, diz a corporação.

Arquivo | Reprodução

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Política

Crime ocorreu na manhã desta terça-feira, 4, no Oeste do Estado

Últimas

Ela afirma que não para de receber ligações.

Últimas

Apoiadora foi ao Palácio do Alvorada hoje e pediu para o presidente reabrir comércio e para que o Brasil volte à 'vida normal'

Últimas

A professora Brittany Zamora foi condenada, na última sexta-feira (12), a 20 anos de prisão por ter feito sexo com um de seus alunos,...

----- CLEVER ADS -----