Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Rio de Janeiro terá patrulhamento aéreo e marítimo para evitar a chegada de drogas e armas

Nesta quarta-feira (31), o ministro da Defesa, Raul Jungmann, anunciou que as ações conjuntas com as Forças Armadas no Rio de Janeiro entrarão em uma nova etapa. A estratégia passará por bloqueios marítimos e aéreos para evitar a chegada de drogas e armas na cidade. Essas medidas complementarão as operações conjuntas que já estão sendo realizadas há alguns meses em parceria entre o Exército e a Policia Rodoviária Federal nas estradas.

“Vamos efetivar bloqueios nas baías do Rio de Janeiro e também aéreo. E outro aspecto será a melhoria das policias, com a criação de uma corregedoria autônoma e integrada“, disse Jungmann.

Segundo o próprio ministro, nos próximos dias será divulgada as diretrizes de um novo Plano Nacional de Segurança Pública, o segundo lançado pelo governo Michel Temer.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Política

Castro garantiu que enviará informações ao governo e que chegará a 'denominador comum' com Ministério da Economia.

Política

Projeto tem como objetivo integrar bairros formais e informais, por meio de ações sociais e de segurança pública.

Últimas

Lei foi sancionada pelo governador Cláudio Castro

Últimas

A ação ocorreu no âmbito da Missão Redentor