Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

VÍDEO: Cabo eleitoral é morta a tiros na Baixada Fluminense após relatar ameaças

Uma mulher foi morta a tiros em Magé, na Baixada Fluminense, na manhã desta sexta-feira (30).

Identificada como Renata Castro, de 38 anos, ela estava na porta de casa quando foi atacada com ao menos 15 tiros.

Segundo informações repassadas à polícia, Renata fazia oposição ao atual prefeito e era cabo eleitoral da família Cozzolinona, tradicional na política da cidade.

Ontem (29), ela esteve na Polícia Federal para fazer um registro de ameaça de morte.

Em frente à sede da corporação, ela fez uma transmissão ao vivo nas redes sociais dando mais detalhes sobre o boletim de ocorrência.

“Não adianta me ameaçarem de morte. Hoje, teve dois cidadãos que foram no prédio me ameaçar, me coagir. O que eu fiz ontem eu vou fazer amanhã, vou fazer depois de amanhã. Mais uma denúncia aqui na Polícia Federal”, disse.

Uma das linhas de investigações é que a motivação do crime seja política.

O caso foi encaminhado a DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense).

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

Política

Prazo também vale para pagamento da primeira cota

Política

Operação Calígula cumpre 29 mandados de prisão