Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

PSOL pede cassação de mandato de Arthur Lira

Partido ingressou com representação no Conselho de Ética.

Paulo Sérgio | Agência Câmara

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) ingressou nesta sexta-feira (3) com uma representação na Câmara dos Deputados contra o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), a fim de que seja instaurado um procedimento ético-disciplinar.

Na petição, a legenda pede a cassação do mandato de Lira por quebra de decoro parlamentar. O documento é assinado pelo presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros.

A investida da sigla foi motivada por causa do bate-boca entre o presidente da Câmara e o deputado Glauber Braga (PSOL-RJ) na quarta-feira (31). Após ser chamado de “ditador” e “sem-vergonha”, Lira cortou o microfone de Braga e ameaçou retirá-lo do plenário.

No pedido endereçado ao Conselho de Ética, o PSOL argumenta que Arthur Lira “desonrou o cargo para o qual foi eleito” e “abusou das prerrogativas asseguradas para cometer as ilegalidades e arbitrariedades, agindo em prejuízo dos membros do Congresso Nacional”. Eis a íntegra.

O Conexão Política tenta contato com a Presidência da Câmara para ouvir a versão de Lira sobre a representação. O espaço segue aberto e o texto poderá ser atualizado em caso de resposta.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Presidente da Câmara criticou pressão e disse que não há necessidade de se manifestar a todo momento.

Congresso

Nos bastidores, o clima de atrito vem diminuindo.

Judiciário

TRE-SP entendeu que a ação foi ajuizada fora do prazo; partido vai recorrer.

Congresso

Presidente da Câmara sugeriu tributar lucro dos acionistas e investigar diretores.

----- CLEVER ADS -----